Algumas Explicações e o Retorno

Não que alguém tenha pedido ou reclamado, mas gostaria de explicar as razões de eu ter sumido do blog e, principalmente, ter voltado agora neste momento.

Experimentei minha primeira cerveja especial ainda em 2005, sem saber muito o que era. Recebi 3 garrafas, bojudinhas do meu ex-cunhado, que havia ido em uma apresentação de um certo belga sobre cervejas em um hotel. À epoca, não tinha ideia do que se tratava. Estranhei toda aquela espuma na cerveja e principalmente o cheiro de alcool. Mal sabia que estava bebendo "um verdadeiro diabo".

Fast forward até o final de 2006 quando em um determinado dia, por conta de uma viagem de um amigo a Campos do Jordão, resolvemos, eu e mais dois amigos, que cada um deveria levar uma cerveja diferente pro nosso cervejal semanal pra provarmos junto com as que ele havia trazido de um restaurante lá de Campos.

Acabei levando umas cervejas grandes, uruguaias e uma que achei super diferente pela garrafa branca e o rótulo com um dragão. Provamos todas, mas realmente não nos ligamos nelas e partimos para as de sempre.

Mas, na verdade, o ponto sem volta foi já em 2007, na primeira ida ao Herr Brauer. Dali, a vida mudou.

O interesse por novos aromas, sabores, rótulos, forças alcoolicas cresceu. Resolvi começar a estudar, provar tudo que podia e aprender a fazer a minha própria cerveja.

Em 2009 comecei a escrever o blog em um tempo que não havia muitos outros blogs falando de cerveja. Acho que dava para contar nos dedos da mão. Eram poucos, mas já eram blogs muito bons como o Para Que Vocerveja, Beer Architecture e Cerveja Só. Durante algum tempo postei minhas impressões sobre cervejas, até que percebi que outros blogs começaram a surgir. Alguns tão bons quanto os pioneiros, mas alguns também sofríveis. Mas, pelo menos a cena cervejeira fervilhava e crescia, mesmo com muita gente falando bobagem por aí.

Considerando principalmente esta última parte, parei, pensei e resolvi que deveria fazer algo diferente. E este é o motivo desta longa ausência.

Fui ler, acumular hora-copo (isso é um assunto pra um futuro post), fazer cerveja e a melhor parte dessa história toda: até fui estudar o assunto nos EUA. Tudo para que ficasse um pouco mais confortável para escrever sobre o assunto.

Porém, para já deixar claro, não procurem muitas notícias ou furos de lançamento do mercado aqui. Para isso, existem os otimos como o Bebendo Bem, All Beers, Homini Lupulo, Goronah e Blog do Bob. No entanto, me cobrem sim (se for do interesse) sobre a minha opinião sobre estas notícias e lançamentos.

Também aqui não vão encontrar tantas matérias sobre harmonizações de cerveja com comidas altamente elaboradas. Sou adepto da Zitolaricologia (também explicarei isso em breve). Neste quesito, temos a sorte de ter dois excelentes blogs, sendo um da "velha guarda" e outro da "nova geração": Edu Recomenda e Panela de Malte.

O que farei aqui é dividir com os amantes de cervejas tudo isso que venho estudando e aprendendo. É um site pessoal, minha taberna, do Mamute, onde também darei minhas opiniões sobre mil assuntos relacionados, além de é claro continuar contando sobre minhas beertrips e dando minhas opiniões sobre as cervejas que bebo. Aliás, muitos blogueiros pararam de postar sobre suas desgustações e realmente acho que deveriam voltar a faze-lo. É um exercício muito interessante neste caminho de aprendizado cervejeiro que estamos trilhando e a troca de informação é fundamental.

É isso, com a ajuda e principalmente a paciencia do amigo Rafael Puga, uma nova Taberna, com novo layout, nova marca e novo conteúdo, mas o velho e barbudo Mamute.

Proponho um brinde aos antigos e novos amigos! Espero que gostem.